Fuga Não Incendiada

A fuga NÃO INCENDIADA deteta-se pelo cheiro característico e é mais perigosa que uma fuga inflamada. O gás derramado pode provocar uma explosão de consequências imprevisíveis.

Nestas circunstâncias deve-se:

  • Cortar a alimentação de gás através da garrafa.

  • Não fazer lume nem fumar.

  • Não ligar nem desligar aparelhos elétricos.

  • Extinguir as chamas dos aparelhos em funcionamento nas proximidades.

  • No caso de pretender detectar a fuga, pincele a zona com uma solução de água e sabão ou use um produto espumífero.